Pesquisar

Login

Registre-se ou faça o login para receber nossos informativos.



Tratamento com passes
Artigos on line - Artigos
Escrito por Victor Rebelo   

Praticamente, todos os centros espíritas oferecem o famoso tratamento com passes. Ele pode ocorrer após ou antes da palestra, ou mesmo em dias diferentes. O fato é que até hoje não conheci um centro que não oferecesse este tratamento energético.

A codificação espírita não prescreve uma metodologia rígida para o passe. Cada grupo é livre para se posicionar de um modo ou de outro, desde que sem exageros.

Sobre o assunto, Allan Kardec nos demonstra que “(…) este gênero de mediunidade consiste, principalmente, no dom que possuem certas pessoas de curar pelo simples toque, pelo olhar, mesmo por um gesto, sem o uso de qualquer medicação”. – (O Livro dos Médiuns, cap. XIV - 175 - 2 Parte).

De acordo com o espírito André Luiz, no livro Opinião Espírita, psicografado por Chico Xavier, “O passe não é unicamente transfusão de energias anímicas. É o equilibrante ideal da mente, apoio eficaz de todos os tratamentos.”

Vou explicar neste artigo, de forma geral e resumida, como ocorre o tratamento com passes nos centros espíritas, e o porquê de certas recomendações.

Obviamente que este tema é muito amplo e merece estudos mais detalhados. Nosso objetivo, aqui, é apenas introduzir os leigos ou iniciantes no tema. Mas acredito que mesmo os mais experientes possam aprender algo com o texto, pois minha abordagem é livre e sem preconceitos.

Para facilitar e deixar mais didático, resolvi escrever na forma de perguntas e respostas, colocando em pauta as dúvidas mais comuns de quem experimenta o tratamento com os passes.

O que é o passe?

O passe é uma transmissão energética. Em geral, a pessoa que aplica o passe se utiliza da imposição de mãos. Não é um fenômeno religioso e nem necessariamente mediúnico. Há registros da ocorrência dessa técnica de tratamento nas mais variadas culturas, inclusive nos primórdios do Cristianismo, com as curas de Jesus. Na época de Kardec, as pessoas conheciam este tratamento sob o nome de mesmerização, técnica desenvolvida pelo pesquisador Franz Anton Mesmer. No Brasil, encontramos algo semelhante nos famosos benzimentos, da cultura popular.

Quais os benefícios do passe?

O passe deve possuir uma qualidade ordenadora, ou seja, a intenção do aplicador não deve ser apenas doar energia vital, trazer mais vitalidade ao corpo de quem recebe, mas também “imprimir” nessa energia doada uma assinatura energética de equilíbrio, de ordem. E isso só é possível quando se coloca sentimento junto, por meio da vontade. Sentimentos como amor (não me refiro ao amor romântico, à paixão).

Então, deve haver uma intenção espiritual (ainda que anímica) equilibrada, dando uma qualidade mais sutil, mais elevada, à energia doada.

Essa energia, por ser mais sutil, pode atingir também o perispírito do “paciente”, elevando seu padrão psicoemocional, possibilitando atenuar uma possível ligação obsediado-obsediador, ainda que por alguns momentos, favorecendo os trabalhos de desobsessão.

Além dos benefícios espirituais, temos os benefícios energéticos, pois o fluido vital (também conhecido como magnetismo, chi, ki, prana, axé, etc.) irradiado pelo passista irá abastecer o duplo-etérico (campo bioeletromagnético) de quem recebe, assim como melhorar seu fluxo energético, auxiliando no funcionamento saudável do corpo. É mais ou menos como se fosse uma acupuntura, mas não se usa agulhas...

 

Faça uma visita!

Caminho Espiritual 42

Carrinho

VirtueMart
O seu Carrinho de compras encontra-se vazio no momento.

Para ouvir