Pesquisar

Login

Registre-se ou faça o login para receber nossos informativos.



A doença na alma
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 
Artigos on line - Artigos
Escrito por Bruno Gimenes   

Depois que eu publiquei um vídeo na internet com o tema "Por que ficamos doentes?", fui realmente surpreendido com a repercussão. Eu recebi mais de 70 comentários em dois dias no próprio vídeo, além de mais 115 emails, todos com perguntas, comentários e elogios. Uau!!! Que interação, não é mesmo? Mas por que será?

O fato é que estamos em algum nível, todos doentes! Porque estamos todos sujeitos a um estilo de vida alienada dos verdadeiros e essenciais valores. Em outras palavras, os valores que estão norteando a vida da maioria das pessoas, estão muito tóxicos a saúde das pessoas.
E por qual motivo? Porque os pensamentos, emoções e sentimentos em desequilíbrios afetam a energia vital que cada pessoa naturalmente magnetiza. Uma vez que a energia vital magnetizada se desequilibra por consequência da ação pensamento e sentimentos nocivos, o corpo físico recebe essa carga negativa que enfraquece a sua vitalidade. Mas, vamos explicar esse conceito em um contexto energético.

Uma definição clássica diz que no universo só há matéria e energia. Matéria é energia aglomerada e a sua densidade depende do nível de compactação e o grau de agitação das moléculas que compõe a amostra daquele material. Da mesma forma, podemos dizer que a energia é a matéria de forma livre, antes de se aglomerar.
Se matéria é a energia condensada, então, o nosso corpo físico é um campo de energia que se condensou. Pensando assim, além de contemplar o ensinamento das escrituras dos antigos iniciados, eu também estou em sintonia com a ciência clássica.
Um corpo saudável tem a vibração saudável, ou seja, a frequência vibratória que corresponde à saúde. Já um corpo doente, tem a frequência vibratória da doença.

Entenda melhor pensando nesse exemplo. Pense em um lago de água parada. Então, você joga uma pequena pedra, (que cabe na palma da sua mão), de cinco em cinco minutos na água do lago. O que você poderá ver é a formação de uma pequena movimentação de ondas, que nascem no ponto onde a pedra toca a água, e se expandem suavemente para fora. E como as pequenas pedras são arremessadas somente de cinco em cinco minutos, você pode observar uma movimentação suave e constante, de pequenas ondas se formando por toda a extensão do lago. Consegue imaginar?

Pois bem, a vibração da sua energia física obedece aos mesmos princípios naturais. Para sua compreensão, imagine que as pedras atiradas são os seus pensamentos e sentimentos e que a água do lago é a energia vital, energia da vida, espírito santo, quinta essência, ki, chi, pneuma, akasha ou o nome que você preferir dar. Qualquer que seja a nomenclatura escolhida, estamos falando da substância primordial que está em tudo e age sobre tudo (também conhecida como logos ou simplesmente Cristo).

Agora, imagine que a sua mente se desequilibra e mergulha em pensamentos nocivos, negativos, agressivos ou autodestrutivos. Ou então, imagine que você começa a sentir raiva, medo, rancor, rebeldia, mágoa e tristeza. O que você acha que isso significa?

Que você parou de arremessar simples pedrinhas de cinco em cinco minutos e começou a metralhar o lago com enormes blocos de pedra, com uma velocidade assustadora. A formação das pequenas ondas de antes, agora deu lugar a uma movimentação descontrolada. Consegue imaginar?
Pois é isso que fazemos com a energia fundamental, que mais tarde se consolida na estrutura física que forma nossos corpos físicos, tecidos, órgãos, vasos sanguíneos, ossos e músculos da nossa fisiologia.

Mudamos o padrão da formação natural da saúde, e assim criamos uma frequência vibratória de doença. É simples assim...
E é por esse mesmo motivo, que muitas pessoas se sentem doentes, mas não encontram nada nos exames médicos convencionais, simplesmente porque a doença está apenas em nível energético e não se alastrou na fisiologia.
E esse é o grande equívoco da medicina ocidental que foca apenas no corpo físico. Tendo o corpo físico como a base para todas as causas, a visão ocidental da medicina acaba cometendo o mais grave de todos os erros: o de separar o corpo da alma!

Eu mesmo já trabalhei e trabalho com médicos tradicionais que já estão se abrindo para novos horizontes e, por conta desse novo comportamento, estão revolucionando as suas capacidades de alcançar a totalidade do ser humano. Mas infelizmente, essa amostragem de médicos que estão se tornando holísticos, ainda é muito pequena.

Você só conseguirá ver a cura de alguém se a própria pessoa mudar o seu padrão mental e emocional. Em outras palavras, ela precisará parar de jogar pedras enormes no lago!
E isso só é possível se a pessoa souber se conhecer melhor, souber encontrar e realizar a missão da sua alma e souber a sua origem espiritual, os seus papeis e se souber desenvolver o amor! É isso que muito de nós chamamos de reforma íntima!
Reforma íntima é o desenvolvimento da capacidade de educar os pensamentos, acalmar as emoções e do estímulo ao sentimento do verdadeiro amor.

A energia das plantas no equilíbrio da alma.

É por isso que eu particularmente confio tanto na ajuda que vem da natureza. Porque enquanto um remédio da medicina alopática atua no corpo físico que é apenas o efeito, um chá fitoenergético balanceado em sua polaridade e devidamente preparado, atua na alma e na energia, que é a verdadeira causa.
Você pode e até deve tomar remédios alopáticos para muitas doenças, mas deve saber que se quiser tratar a verdadeira causa, precisará tratar a sua matriz essencial, que é a sua alma. E para tratar a sua alma, você precisará de elementos que tenham sintonia perfeita com ela. E é ai que a energia das plantas atua.

Quando uma pessoa conhece os segredos e conceitos necessários para montar compostos de plantas dinamizadas energeticamente, e os aplica a serviço do bem maior, então ele encontrará o caminho da cura da alma.
Eu também estaria achando isso bom de mais para ser verdade se eu mesmo não tivesse visto centenas de casos de sucesso, nos meus 10 anos de pesquisa sobre a fitoenergia. O fato é que eu mesmo, além dos mais de 2000 alunos no curso presencial, dos 367 alunos de cursos a distância, dos leitores dos mais de 15.000 livros vendidos e do público de mais de 40.000 pessoas das palestras que já ministrei, encontrei caminhos de cura da minha alma, por meio da energia das plantas.

Eu me transformei completamente... Embora eu seja um ser humano normal, cheio de inferioridades, eu posso ver o quanto a energia das plantas me modificou e ainda segue me modificando. Simplesmente porque ela consegue nos oferecer a energia certa, que além de acalmar a nossa impulsividade de "jogar pedras no lago" também nos oferece condições de acalmar a própria "água do lago".

Você não pode ignorar, a causa das doenças não é corpo físico. O corpo físico é o palco onde as dores da alma se exibem diariamente. Não se deixe enganar.

 

Faça uma visita!

LiveZilla Live Help

Carrinho

VirtueMart
O seu Carrinho de compras encontra-se vazio no momento.

Para ouvir