Pesquisar

Login

Registre-se ou faça o login para receber nossos informativos.



Evolução: a cada dia mais sábio
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
Artigos on line - Artigos
Escrito por Victor Rebelo   

O ser humano, iludido por uma autopercepção fragmentada, aspira por “algo” transcendental a si mesmo, com o qual ele possa se sentir plenamente integrado. Quando conquista esse sentimento de unidade, torna-se “Um com o Pai”, reconhecendo a presença divina em si mesmo, em todos e em tudo.

Abandona o egocentrismo e passa a ser autocentrado, o que é diferente. Transcende a máscara da personalidade, sem perder sua individualidade. Viver para o bem de todos é como viver para seu próprio bem, não existe diferença. Porém, esta realização espiritual, este despertar é um processo gradativo; depende do rumo que a consciência – o ser – tomar em sua jornada de autodescoberta. Depende, também, da sinceridade e da lucidez em suas escolhas. Só assim iremos “acordar”para a nossa verdade interior. Disse Jesus: “Conhecereis a Verdade e Ela vos libertará”.

Acredito que a consciência seja imortal. Sem fim e, talvez, sem princípio. Já a personalidade não possui natureza intrínseca, independente. Ela existe de acordo com uma série de fatores, de influências. O que fomos na última encarnação, já não somos nesta. Algumas tendências, ainda gravadas em nosso subconsciente, podem persistir, mas não podemos dizer que somos a mesma pessoa.

Também acredito que a evolução espiritual seja eterna e que não tenha fim. A perfeição, sob este ponto de vista, não existiria. Seria apenas um ideal. Talvez, a única perfeição “real” que exista seja o fato de as coisas serem, simplesmente, do jeito que são. Somos perfeitos a cada momento, em cada evolutivo.

Pra mim, evolução significa autoconhecimento, o que, pelo menos no nosso estágio evolutivo, requer Salvar percepção lúcida de si mesmo e experiência, vivência. Também precisamos ter humildade para reconhecer quando estamos equivocados em nossos pontos de vista ou quando é hora de expandirmos nossa percepção em determinada direção.

Não acho que o mal exista, enquanto princípio ou fonte da maldade, eternamente em oposição ao bem. A maldade só é manifestada em nosso mundo devido às trevas da ignorância e da desordem espiritual em que ainda vivemos. Conforme vamos ampliando nossa ordem interna, em todos os aspectos, nosso grau de compreensão da vida se amplia e, junto dele, um sentimento profundo de compaixão, resultado do amor, preenche e se expande do nosso ser.

Portanto, toda violência é uma forma deturpada e desequilibrada de buscarmos o Bem, aquilo que poderíamos entender como sendo o sentimento primordial de unidade com a divindade, com nossa realidade espiritual. Então, por trás de toda maldade existe, sim, uma carência.

Por outro lado, amor e compreensão são os sinais que nos mostram o quanto avançamos, neste longo caminho de regresso à “casa do Pai”.

 

Faça uma visita!

Caminho Espiritual 42

Carrinho

VirtueMart
O seu Carrinho de compras encontra-se vazio no momento.

Para ouvir